chat Online

Inicio > Internacional > Programa de Treinamento Internacional: Inovação em Seguros - A Indústria em Transição

A+

A-

Voltar

Programa de Treinamento Internacional: Inovação em Seguros - A Indústria em Transição

A Escola de Negócios e Seguros mantém convênios com instituições internacionais há mais de 20 anos para administração de exames e programas de treinamento. Em 2022, pelo segundo ano, em parceria com a Universidade NOVA de Lisboa (NOVA School of Law), a Escola oferecerá mais uma oportunidade para os profissionais brasileiros conhecerem de perto o mercado de seguros português.

O parceiro

A Universidade NOVA de Lisboa foi fundada em 1973, tendo adotado, desde o início, um modelo estrutural considerado novo no contexto universitário português, associado à Tecnologia, simultaneamente com as Ciências Sociais e Humanas e as Ciências Médicas. Oferecendo inicialmente programas de licenciatura e especialização, a partir de 1977 desenvolveu um projeto de expansão consistente, mantendo os principais vetores necessários ao constante desenvolvimento social e econômico de Portugal.

O programa

O curso visa proporcionar uma formação de extensão e atualização acadêmica aos profissionais de seguros com formação em quaisquer áreas científicas, mas com alguma experiência prática na indústria de seguros, na distribuição ou regulação de seguros, nas mais diversas perspectivas.

Previsão: Junho / 2023
Local: Universidade Nova de Lisboa - Portugal

Pré-requisitos:
  • • Curso superior completo; e
  • • Experiência de dois anos no mercado de seguros.
 
Processo Seletivo

Para a inscrição e participação no processo seletivo do Programa de Treinamento é necessário efetuar o pagamento de R$ 100,00. O valor pago a título de taxa de inscrição será descontado do valor do curso para os candidatos aprovados que realizarem a matrícula.

O resultado será divulgado, por e-mail, em até 5 dias após confirmação do pagamento da taxa de inscrição.

TEM INTERESSE? DEIXE SEUS DADOS AQUI
Investimento

Forma de pagamento:
O valor em dólar (US$) será convertido em reais (R$) na data da emissão do(s) boleto(s) / do pagamento no cartão de crédito.

O valor da inscrição inclui:
Programa acadêmico / Visitas técnicas / Certificado emitido pela Universidade NOVA de Lisboa.

Política de cancelamento

O programa poderá ser cancelado se não houver quórum suficiente. Neste caso, a taxa de inscrição será devolvida.

Conteúdo do Programa

• A Revolução Digital no Seguro
• Introdução ao mercado de seguros europeu e sua regulação
• Os principais desafios da indústria para o séc. XXI
• Economia digital, plataformas colaborativas e InsurTechs
• Seguros e Big Data
• Introdução ao fenômeno de Blockchain
• O Blockchain na indústria seguradora
• Riscos na cadeia de suprimentos/recuperação de desastres
• Riscos Cibernéticos
• A revolução dos veículos autônomos e seu impacto na indústria seguradora
• O impacto da proteção de dados pessoais nas novas tecnologias
• Visitas técnicas a empresas

Metodologia
O curso inclui uma parte letiva, com 20 horas de aulas em regime de seminário terças-feiras e quintas-feiras de manhã, asseguradas por docentes da NOVA Direito ou seus parceiros. As sessões, embora com uma componente expositiva, assentam no diálogo permanente entre docente e discentes. As diversas matérias compreendidas no programa serão analisadas com base em situações da vida. O curso inclui uma parte não letiva, composta por 15 horas de visitas técnicas a instituições relevantes da indústria de seguros e resseguros, sendo sempre assegurado o acompanhamento por monitor da JURISNOVA.

Por que conhecer o mercado português?

O "milagre português", como vem sendo chamado por alguns economistas, reflete o momento de grandes expectativas em torno do crescimento do país. Depois de passar por uma das piores crises de sua história, Portugal se transformou em um dos principais hubs de tecnologia do mundo.

A Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões (ASF) considerou os resultados do comparativo 2017 /2018 muito positivos, quando a produção de seguro direto em Portugal aumentou 11,7%.

No ano de 2018, o ramo Vida subiu 14,5%, sobretudo dinamizado pelos seguros de vida não ligados a fundos de investimentos (29,5%), já que os seguros ligados a fundos de investimento (em que o risco é do tomador do seguro) voltaram a registar um decréscimo (19,2%). O regulador destaca ainda crescimentos significativos nos seguros Automóvel (6,7%) e Incêndio e Outros Danos (5,4%).

Fortemente impactada pela pandemia da COVID 19 no ano de 2020, na área do euro, o PIB português registrou um decréscimo de 6,5% (face a 1,3% de crescimento verificado em 2019). Neste contexto, Portugal viu o seu PIB recuar 7,6% e a produção global das empresas de seguros sob a supervisão prudencial da ASF registrou uma redução de 20,4% neste ano.

No primeiro semestre de 2021, no entanto, a produção de seguro direto relativa à atividade em Portugal apresentou, em termos globais, um crescimento de 35,6% face ao semestre homólogo de 2020, para o qual foi determinante o acréscimo de 83,1% verificado no ramo Vida. Os ramos Não Vida registaram um acréscimo de 3,1%.

Mais informações

(11) 2739-1060 / parcerias@ens.edu.br