chat Online

A+

A-

Voltar

Prêmio Nacional de Jornalismo em Seguros: últimos dias para inscrições

Por Coordenadoria de Comunicação Social   |   14 de Julho de 2022 às 13:27

Esta é a última semana para inscrições no VI Prêmio Nacional de Jornalismo em Seguros, organizado pela Escola de Negócios e Seguros (ENS) com apoio institucional da Federação Nacional dos Corretores de Seguros (Fenacor) e da Confederação Nacional das Seguradoras (CNseg). A data limite para submeter os trabalhos é 15 de julho.

As reportagens devem versar sobre ações desenvolvidas por instituições e empresas do mercado com o objetivo de preparar os profissionais do setor para atender, com agilidade, qualidade e eficiência, as novas demandas dos consumidores brasileiros. Com um total de R$ 120 mil, a premiação destinará R$ 15 mil para o primeiro colocado, R$ 6 mil para o segundo e R$ 3 mil para o terceiro.

Estão em disputa cinco categorias: Mídia Impressa, Audiovisual (incluindo Rádio e TV), Webjornalismo e Mídia Especializada do Setor de Seguros. A quinta categoria é inédita e traz como tema “Inovação”.

Seguradoras patrocinam o Prêmio

Recentemente, três grandes seguradoras do mercado nacional anunciaram apoio ao Prêmio. A Bradesco Seguros oficializou participação como patrocinadora Ouro. Segundo a superintendente de Comunicação do Grupo Bradesco Seguros, Regina Helena Vasconcellos de Macedo, os profissionais de imprensa possuem papel vital na geração de informação como um dos pilares para difundir a cultura do Seguro no País.

“Acreditamos no potencial dessa iniciativa por conta da cultura do seguro ainda ter grande espaço para expansão no Brasil – apesar do amplo crescimento visto nos últimos dois anos. Mas, mais do que tudo, entendemos que estamos no caminho certo, criando parcerias duradouras como essa, em prol de uma única causa: uma sociedade ciente da importância de estar protegida e apoiada em todos os momentos”, afirmou Regina.

A Capemisa foi outra empresa que se tornou patrocinadora, esta na categoria Prata. A gerente de Marketing e Comunicação da empresa, Mariana Fagundes, destacou a relevância do Prêmio para a sociedade.

“É muito importante porque leva até a população as iniciativas do mercado de seguros, ao estimular a realização de matérias e ampliar o conhecimento de todos sobre o tema. A ENS é nossa parceira de longa data e é uma honra prestigiarmos suas iniciativas. Com o Prêmio, fortalecemos a nossa marca junto ao mercado, associando-a a uma instituição que é referência em geração de conhecimento securitário”, salientou Mariana.

Também como patrocinadora Prata, a Tokio Marine confirmou apoio ao Prêmio. Para Flávio Otsuka, diretor de Estratégia de Crescimento e Marketing da companhia, a comunicação sempre foi uma ponte para que as grandes organizações pudessem estabelecer diálogos com seus públicos.

“Essa conexão não seria possível sem o trabalho e a dedicação dos jornalistas, que nos ajudam a contar as nossas histórias. A Tokio Marine sempre prezou por um bom relacionamento com a imprensa, por isso, entendemos que é nosso papel apoiar iniciativas como o VI Prêmio Nacional de Jornalismo em Seguros, que reconhece e valoriza o trabalho desses profissionais. Para nós é uma honra fazer parte dessa celebração”, declarou Otsuka.

Embaixador de peso

O Prêmio Nacional de Jornalismo em Seguros se consolidou como o maior reconhecimento aos profissionais de imprensa do setor securitário no Brasil. Desde 2016, quando foi criado, foram mais de 3.500 trabalhos inscritos, produzidos por cerca de 700 profissionais.

Nesta sexta edição, a iniciativa trouxe ainda como novidade o jornalista Carlos Alberto Sardenberg como embaixador. Para ter acesso a mais detalhes e realizar inscrições basta acessar o site premiodejornalismo.ens.edu.br.

 

Outras Notícias

05/58/2022 - 01:58

Confira o expediente da ENS durante a fase mata-mata da Copa do Mundo

ler mais

05/06/2022 - 10:06

Ensino autoinstrucional ganha espaço

ler mais

01/59/2022 - 11:59

Corpo docente é diferencial da pós em Regulação

ler mais

30/27/2022 - 01:27

Corretores de SP conheceram nova fonte de receita

ler mais