chat Online

A+

A-

Voltar

Live reforçou importância das práticas ambientais no mundo corporativo

Por Coordenadoria de Comunicação Social   |   24 de Março de 2022 às 12:34

A Escola de Negócios e Seguros (ENS) deu início, na última quinta-feira, 17 de março, a mais uma série de lives em seu canal oficial no YouTube: “Circuito de Lives ASG e o Futuro do Seguro no Brasil”. A iniciativa pretende mostrar as práticas de seguradoras e demais empresas relevantes do Brasil, relacionadas ao Meio-Ambiente, Sustentabilidade e Governança.

O primeiro encontro teve mediação do professor da Escola, Maurício Leite, e contou com a participação da diretora de Recursos Humanos, Ouvidoria e Sustentabilidade da Bradesco Seguros, Valdirene Secato.

Redução do impacto ambiental e financeiro

A solenidade de abertura foi realizada pela diretora de Ensino Técnico da ENS, Maria Helena Monteiro, que reforçou a importância da aplicação dessas ações no mundo corporativo. “O conceito de sustentabilidade tem gerado várias oportunidades de investimento. As empresas não querem mais ficar sujeitas às volatilidades econômicas que acontecem no mundo”.

“O cuidado com o meio-ambiente é muito atual. É uma resposta das empresas aos desafios da sociedade contemporânea, a imprevistos como a pandemia. O objetivo não é lucro e gerar valor econômico. Precisa vir acompanhado de uma preocupação com as práticas ASG (sigla para Ambiental, Social e Governança)”, frisou a executiva.

Presença ASG no mercado segurador

Valdirene comentou como foi o processo de implementação das práticas ASG na Bradesco e destacou as práticas estabelecidas para toda a organização. “As questões ASG na Bradesco Seguros permeiam toda a companhia. Temos um conjunto de boas práticas que nos norteiam para todos os públicos com os quais nos relacionamos. Para todas as linhas de negócio, estamos absolutamente alinhados com essa estratégia”.

Segundo a executiva, a seguradora mantém um compromisso firmado com os quatro princípios da sustentabilidade em seguros, conhecidos pela sigla em inglês PSI. “É um compromisso voluntário estabelecido pela Unepfi, que significa ‘Iniciativa Financeira do Programa das Nações Unidas para o Meio-Ambiente’, destacou Valdirene.

A inclusão dessa pauta, segunda ela, influenciou todo o modelo de administração e negócios da empresa. “O foco na gestão desses três pilares e a contribuição efetiva deles no desenvolvimento sustentável cresceram e se transformaram em elementos ainda mais importantes e presentes em todas as nossas decisões. É uma questão de responsabilidade, mas, também, uma estratégia de negócios. Olhamos para o crescimento sustentável dos negócios de acordo com todos os princípios vigentes dos pilares sustentáveis”.

Comprometida com a causa ambiental, Valdirene Secato também atua como membro do Comitê Estratégico de Recursos Humanos da Amcham-Brasil, é membro do Comitê de Cultura e Pessoa do Grupo Fleury, coordenadora do Comitê de Gestão de Pessoas da Odontoprevi e mentora do programa de mentoria colaborativa “Nós por Elas”.

Outras Notícias

19/55/2022 - 12:55

Diversidade: cinco pilares que podem transformar vidas e empresas

ler mais

18/58/2022 - 02:58

Nômades Digitais: conheça quem faz do mundo o seu escritório!

ler mais

17/50/2022 - 01:50

“Foi uma experiência que expandiu meus conhecimentos sobre seguros”

ler mais

16/35/2022 - 01:35

“Demografia e Economia nos 200 anos da Independência do Brasil” terá transmissão ao vivo

ler mais