chat Online

A+

A-

Voltar

“Investimentos de sucesso são feitos por empresas que mudaram a experiência do consumidor”

Por Coordenadoria de Comunicação Social   |   23 de Fevereiro de 2022 às 13:11

Na última quinta-feira, 17 fevereiro, a Escola de Negócios e Seguros (ENS) promoveu a live “Programa de Certificação Avançada em Insurtechs”, transmitida ao vivo pelo canal da Instituição no YouTube.

O Insurance & Innovation Specialist e Coordenador do Programa, Samy Hazan, foi o mediador do encontro, que recebeu três protagonistas do processo de inovação que acontece no segmento de seguros: Camila Calais, advogada partner no escritório Mattos Filho; Marcos Couto, presidente e CEO da Alper e Founding Partner da Duxx Investimentos; e Daniel Castello, chief digital officer da Rede Lojacorr.

Ambiente favorável à inovação

No bate-papo, os executivos destacaram que, para quem deseja empreender, o ambiente regulatório atual é favorável e pró-inovação. “A principal mensagem na perspectiva regulatória é tentar conhecer a regulamentação, pensando a curto e médio prazos. Esse é um desafio grande, a forma de pensar novos negócios é muito intensa”, destacou Camila.

A advogada, que lecionará no programa o módulo sobre o Sandbox Regulatório da Susep, afirmou que o curso fará uma análise detalhada sobre o tema. “Vamos contextualizar historicamente o sandbox, explicar de onde vem, de onde saiu essa ideia, como começou, em qual fase está em outros países. Também avaliaremos como estão outros reguladores no Brasil com essa modelagem”.

Segundo Camila, o objetivo é esclarecer todas as etapas necessárias para que as startups passem por esse processo. “Vamos entender o que precisa ser avaliado para ajudar o empreendedor a tomar a iniciativa de seguir ou não no sandbox. É um processo seletivo e exige uma preparação, entender da regulação, da legislação, e ter uma visão global disso. Depois dessa fase inicial de entrar no processo seletivo do sandbox, temos o durante, que é um longo caminho. São alguns meses de discussão e esse é o tempo para entender a regulação e criar processos internos”.

Ideias disruptivas

Marcos Couto ressaltou que o empreendedor deve se jogar de cabeça na sua ideia e buscar capital com investidores, o que pode ser uma tarefa árdua. “Todos sabemos que uma boa ideia pode atrair interessados. O capital é fundamental, ou a ideia não vai sair do papel. Se sair, pode acontecer o mais comum, que é a alta mortalidade das insurtechs: 60% morrem até o quinto ano de vida porque não conseguiram atrair investimentos”, explicou o CEO.

O executivo destacou que as ideias disruptivas promovem a diferença. “Uma disrupção é fazer algo que ninguém vem fazendo, é conseguir uma leitura de uma dor complexa e criar algo novo no mercado”, explicou.

Personalização do seguro

Descobrir novas formas de negócios para melhorar a distribuição dos seguros é uma das tarefas das insurtechs. De acordo com Daniel Castello, quem encontrar maneiras de modificar a experiência do consumidor vai se destacar. “Os investimentos de sucesso são feitos por empresas que efetivamente mudaram a experiência do consumidor, de uma forma que ele se sinta verdadeiramente encantado”.

O CDO da Lojacorr afirmou ainda que são muitos os campos disponíveis para inovação. “É possível inovar na forma como o produto chega ao consumidor, na forma de vender, no preço, como endereçar o problema, como chegar no canal mais baixo, como reconfigurar… existe um mar de opções”.

Pioneirismo na qualificação para insurtechs

Inspirada em programas internacionais, a ENS lançou, no final do ano passado, a Certificação Avançada em Insurtechs. Inédito no Brasil, o programa capacita profissionais para liderarem os processos de inovação dentro desta revolução que está em curso.


O curso é indicado para todos que desejam se posicionar nesse ecossistema de inovação em seguros, sejam empreendedores, funcionários de seguradoras, colaboradores de insurtechs, investidores iniciantes na área, profissionais de tecnologia no mercado de seguros ou corretores de seguros. As aulas terão início em março e as inscrições estão abertas.

Matricule-se, conheça o universo das tecnologias disruptivas e entregue a melhor experiência para os consumidores e corretoras de seguros!

Outras Notícias

19/55/2022 - 12:55

Diversidade: cinco pilares que podem transformar vidas e empresas

ler mais

18/58/2022 - 02:58

Nômades Digitais: conheça quem faz do mundo o seu escritório!

ler mais

17/50/2022 - 01:50

“Foi uma experiência que expandiu meus conhecimentos sobre seguros”

ler mais

16/35/2022 - 01:35

“Demografia e Economia nos 200 anos da Independência do Brasil” terá transmissão ao vivo

ler mais