chat Online

A+

A-

Voltar

Graduação Tecnológica passará a ter aulas no turno da manhã

Por Coordenadoria de Comunicação Social   |   15 de Julho de 2019 às 14:23

Visando atender às necessidades de diferentes públicos interessados em desenvolver carreiras no mercado seguros, a Escola Nacional de Seguros (ENS) iniciará a primeira turma matinal da Graduação Tecnológica em Gestão de Seguros. As aulas serão em São Paulo (SP) e terão início de agosto.
 
Por meio de um currículo multidisciplinar, o curso oferece aos alunos conhecimentos para o pleno exercício de cargos gerenciais em diferentes áreas do setor. Filosofia, Ética e Responsabilidade Social, Pulverização de Riscos, Economia, Mercado, Reservas e Solvência, Gestão de Marketing, Tomada de Decisão em Seguros e Matemática Financeira são alguns dos assuntos abordados no programa, que é composto por 1600 horas/aula. 
 
O investimento mensal é de R$ 711,00, podendo haver redução de até 40% no valor, de acordo com a política de bolsas. Alunos do turno da manhã garantem, automaticamente, desconto de 10% sobre o valor da mensalidade. Os próximos processos seletivos acontecem nos dias 18 e 27 de julho. 
 
Mais informações e inscrições estão disponíveis no site profissaosegura.com.br
 
Demais opções
 
Outra novidade da Graduação Tecnológica em Gestão de Seguros para o segundo semestre é a modalidade online, que segue com vagas disponíveis. Há também ofertas para as modalidades presenciais no turno da noite,  disponíveis na capital paulista e também no Rio de Janeiro (RJ). 
 
Os processos seletivos de ambas as modalidades acontecem nos dias 18 e 27 de julho, e o início do período letivo está marcado para o dia 5 de agosto. 
 
Mais informações podem ser acessadas no site profissaosegura.com.br, onde também é possível efetuar matrículas.

Outras Notícias

01/59/2022 - 11:59

Corpo docente é diferencial da pós em Regulação

ler mais

30/27/2022 - 01:27

Corretores de SP conheceram nova fonte de receita

ler mais

29/23/2022 - 04:23

Por que o ensino presencial ainda vale a pena

ler mais

28/50/2022 - 02:50

“É inegável que o mercado de Vida vem crescendo”

ler mais