chat Online

A+

A-

Voltar

Confira as tendências das áreas de Riscos Logísticos, Gestão de Seguros e Gestão de Dados

Por Coordenadoria de Comunicação Social   |   22 de Dezembro de 2022 às 18:28

Recentemente, a Escola de Negócios e Seguros (ENS) promoveu mais uma edição da Semana de Carreiras. Com transmissão simultânea pelo canal da Escola no YouTube e no LinkedIn, o segundo dia do evento, realizado no dia 8 de dezembro, contou com a participação dos professores Maísa Bezerra, André Peres e Edval Tavares.  

Os docentes esclareceram as dúvidas dos participantes e apresentaram os cursos de Riscos Logísticos, Gestão de Seguros e Gestão de Dados respectivamente. A mediação do encontro ficou sob o comando do coordenador das Graduações da ENS, José Antonio Varanda. 

Um quintilhão de dados 

Considerada uma profissão nova no mercado, a área de Gestão de Dados foi apresentada pelo professor Edval Tavares. “Até pouco tempo atrás, as empresas quase não tinham informação em rede, mas com a chegada da internet e com os avanços das mídias sociais, o nível de dados cresceu muito”. 

Edval contou ainda qual é a estimativa de dados presentes hoje no mundo: cerca de um quintilhão. “Pense no número dez elevado a 18. São dezoitos zeros! Esse número é quase impensável, mas é a estimativa da quantidade de informação que nós temos hoje. Com tantos dados assim, as empresas precisam de profissionais qualificados para filtrar e vasculhar essas informações”, alertou. 

O docente pontuou ainda que 80% das informações digitais do mundo foram geradas nos últimos dois anos. “Esse avanço impressionante reforça ainda mais a necessidade de contar com profissionais capacitados. Hoje, não existem muitos profissionais disponíveis no mercado, então as empresas ‘roubam’ os gestores de dados das concorrentes. A projeção é aumentar ainda mais e a média salarial para quem está começando varia de 5 a 8 mil reais”, concluiu. 

Seguro, um desejo de consumo dos brasileiros 

Já o professor André Peres explicou o que é o curso Gestão de Seguros e trouxe informações sobre o setor. “A graduação em Gestão de Seguros é maravilhosa, e o próprio nome já é bem didático e traduz o que o aluno vai aprender no curso: gerir seguros. Graduado, esse profissional vai estar preparado para atuar em todos os ramos do setor”. 

O docente falou ainda sobre a expansão do mercado nos últimos anos. “Em 2019 o mercado de seguros teve o maior crescimento desde 2012, acima de 12%. Em 2020, ano de pandemia, o setor cresceu 1,3%, comparado com o ano anterior, que foi excepcional. Já em 2022, ano de Copa do Mundo e de eleição, só no primeiro trimestre o setor de seguros cresceu 16,1% em comparação com o ano anterior. Então, eu costumo dizer que o setor é sim, uma excelente opção para quem pretende mudar de profissão”, frisou. 

Outra curiosidade levantada por Peres é que o seguro de vida está na lista dos brasileiros como um dos três desejos de consumo. “As vendas dos planos de saúde, seguro de vida e previdência privada cresceram muito e continuam aumentando”, finalizou. 

Agregar valor ao produto  

Na sequência, a professora Maísa Bezerra trouxe informações sobre a graduação em Riscos Logísticos, curso inovador no mercado. A docente destacou que toda atividade logística, mesmo que bem planejada, está sujeita aos riscos da profissão. “A palavra risco entende-se que pode haver um perigo eminente. Olhem o que aconteceu com a ponte Rio-Niterói, um navio cargueiro colidiu com a infraestrutura da ponte”. 

Na sequência, a professora disse que o profissional de Riscos Logísticos tem que estar preparado para tomar decisões em três níveis distintos: operacional, tático gerencial e estratégico. Ela afirmou ainda que a Logística é dividida em três pilares que são os transportes, o estoque e a armazenagem. “Nenhum negócio vai funcionar sem a preocupação de atender bem o cliente, dentro do prazo combinado e com as condições desejadas. A logística é uma extensão que agrega valor ao produto. Não adianta ser a maior indústria do mercado e não entregar os produtos nos prazos combinados e em boas condições”, salientou. 

Por fim, a docente disse que os profissionais de logística estão posicionados em empresas de diversos segmentos como transportadoras de cargas, empresas de varejo, lojas físicas e e-commerce. Já a remuneração, começando pela área técnica, está hoje na faixa de R$ 3,5 mil. “Gestores ganham na faixa de R$ 10 mil. Um diretor vai ganhar R$ 20 mil ou mais. As empresas mais consolidadas possuem na diretoria o executivo máximo como o especialista em logística, que é chamado de Supply Chain Management, o gestor da cadeia de suprimentos. Esse profissional ganha mais de R$ 20 mil”, complementou. 

 

Outras Notícias

26/31/2023 - 09:31

ENS anuncia três novos executivos

ler mais

25/29/2023 - 06:29

Time de natação Flamengo/ENS ganha quatro reforços

ler mais

24/18/2023 - 03:18

Pela quarta vez, ENS é reconhecida como instituição Socialmente Responsável

ler mais

19/05/2023 - 05:05

Curso de formação de Corretores está com desconto até fevereiro

ler mais