chat Online

A+

A-

Voltar

Compreenda aspectos da tecnologia no mercado de seguros

Por Coordenadoria de Comunicação Social   |   26 de Julho de 2022 às 17:28

Open insurance, sandbox, insurtechs. A tecnologia tomou conta do mercado de seguros e, nos últimos anos, termos como esses se tornaram corriqueiros nos debates, nos negócios e no dia a dia das empresas.

A indústria de seguros está absorvendo mais soluções digitais e promovendo automação em seus processos a fim de agilizar serviços, reduzir custos e, ao final, entregar uma experiência cada vez melhor ao cliente.

Para acompanhar tudo o que vem acontecendo dentro deste novo cenário é necessário entender os aspectos que fazem parte desse universo.

Entenda o que significam os principais termos tecnológicos do mercado

Insurtechs

No setor de seguros, a transformação tecnológica é liderada pelas insurtechs, cujo termo vem da junção das palavras insurance (seguro) e technology (tecnologia). O nome se refere às startups que estão inovando no setor, empresas responsáveis pela criação de aplicativos ou plataformas de gestão de dados, servindo para a automaticidade de processos.

O termo insurtech também se refere ao fenômeno por trás do conceito, que, neste caso, corresponde ao elo entre startups, tecnologia e seguradoras. De forma geral, as insurtechs exploram a automação de processos, utilizando a tecnologia para promover a redução de custos e encurtar os ciclos de serviços, tornando-os mais ágeis e menos burocráticos.

Sandbox

De acordo com informações da Susep, o Sandbox Regulatório é um ambiente experimental constituído com condições especiais, limitadas e exclusivas, que não representem barreiras à inovação. O ambiente tem como objetivo reduzir os custos e facilitar os processos para os consumidores, com foco na melhoria da experiência do usuário.

Ainda de acordo com a autarquia, são projetos que propõem novas tecnologias ou processos inovadores para o mercado de seguros brasileiro, modernizando o setor e trazendo recursos simples para os usuários, possibilitando, por exemplo, novos produtos e formas de contratação, cancelamento e recebimento de indenizações.

Open Insurance

Já o Open Insurance, ou Sistema de Seguros Aberto, é a possibilidade de consumidores de produtos e serviços de seguros, previdência complementar aberta e capitalização permitirem o compartilhamento de suas informações entre diferentes sociedades autorizadas/credenciadas pela Susep, de forma segura, ágil, precisa e conveniente.

Para entregar esses benefícios ao consumidor, o Open Insurance irá operacionalizar e padronizar o compartilhamento de dados e serviços por meio de abertura e integração de sistemas, com privacidade e segurança.

Blockchain

A blockchain funciona como um grande banco de dados compartilhado que registra as transações dos usuários. Hoje, estão disponíveis diversos modelos no mercado, mas a primeira surgiu junto com o lançamento do Bitcoin, em 2008.

No mercado de seguros, entrou em operação este ano a Plataforma de Integração de Informações das Entidades Reguladoras (Pier), constituída para agilizar os processos de autorização do sistema financeiro.

Desenvolvida pelo Banco Central (BC), Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e Superintendência de Seguros Privados (Susep), a Pier integra dados de órgãos reguladores e agiliza processos de autorização e registro demandados pelas instituições financeiras.

Com a automatização, consultas analógicas que poderiam levar até um mês passam a ocorrer em segundos. Dessa forma, uma consulta antes feita entre dois reguladores por meio de ofício acontece de forma online.

Capacitação em inovação

Apesar de tantos avanços, a transformação tecnológica no mercado de seguros está apenas começando e com muitas as áreas de atuação a serem desbravadas. No entanto, ainda são poucos os especialistas neste segmento.

Para preencher essa lacuna, a Escola de Negócios e Seguros (ENS) promove a Certificação Avançada em Insurtechs, programa de ensino inovador e inédito no mercado brasileiro, que aborda desde os fundamentos básicos do segmento até as perspectivas para o futuro.

As aulas da segunda turma terão início em agosto e ainda há vagas. Conheça o programa, inscreva-se e faça parte do seleto grupo de especialistas em tecnologia de seguros no Brasil!

Outras Notícias

12/23/2022 - 05:23

Conheça os cursos que vão potencializar suas vendas em seguros

ler mais

11/13/2022 - 01:13

Sabe o que é transição de carreira? Saiba por onde começar!

ler mais

10/12/2022 - 03:12

“Olhamos 100 anos para frente, por isso precisamos atuar agora”

ler mais

09/30/2022 - 05:30

ENS estará presente no Congrecor

ler mais