Setor securitário tem aumento na lucratividade e demanda profissionais aptos

Voltar
A+
A-

Por Coordenadoria de Comunicação Social   |   2 de Agosto de 2019 às 13:19

Segundo a Carta de Conjuntura do Setor de Seguros divulgada em junho pelo Sindseg-SP, as empresas do setor alcançaram um aumento médio de 23% na lucratividade nos primeiros cinco meses de 2019, na comparação com o mesmo período do ano passado. Além disso, a taxa de crescimento de prêmios chegou a 10% em alguns segmentos, bem acima da taxa de inflação, confirmando assim a tendência de expansão para a indústria.
 
Diante do cenário, o setor demanda novos profissionais, inclusive corretores de seguros. Para quem deseja atuar nessa profissão, a Escola Nacional de Seguros (ENS) oferece o Curso para Habilitação de Corretores. A aprovação no programa é uma das formas para obter o certificado exigido pela Susep para exercer a função de corretor.
 
Atualmente, há vagas para as áreas de Capitalização e Vida e Previdência, nas modalidades online, presencial e semipresencial. O curso presencial permite interação entre profissionais do mercado, possibilitando maior interação e troca de conhecimentos entre os alunos e os docentes, enquanto o curso online promove mais autonomia. Já a recém lançada modalidade semipresencial une a flexibilidade do curso online com o networking do presencial. 

Alunos residentes em Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Campinas (SP), Curitiba (PR), Goiás (GO), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), Santo André (SP), São Paulo – Consolação e Tatuapé – (SP) e Sorocaba (SP) poderão ingressar na modalidade presencial. Já residentes de Cabo Frio (RJ), Chapecó (SC), Feira de Santana (BA), Francisco Beltrão (PR), Itabuna (BA), Mossoró (RN), Ponta Grossa (PR), Pouso Alegre (MG), Presidente Prudente (SP), Registro (SP), Rio Verde (GO) e Xangri-lá (RS) terão a opção semipresencial à disposição. 
 
Informações sobre investimento, início do período letivo e conteúdo podem ser acessadas no sitesercorretor.com.br, onde também é possível efetuar matrículas.

Outras Notícias