Profissão de corretor proporciona independência e flexibilidade

Voltar
A+
A-

Por Coordenadoria de Comunicação Social   |   12 de Julho de 2017 às 18:3

Uma profissão que traz independência e oferece muitas possibilidades para empreender. Responsáveis pela comercialização dos produtos do mercado de seguros, os corretores podem atuar em diferentes ramos, o que representa uma grande vantagem em tempos de crise, quando há muitas oscilações no setor. Tal fato pode ser comprovado na primeira palestra da Oficina do Corretor na Web: "Empreendendo no Mercado de Seguros", ministrada pelo psicólogo Jorge Charles Lopes.
 
Para exercer a profissão, no entanto, é necessário estar devidamente registrado junto à Susep, condição que requer certificado de aprovação no Curso para Habilitação de Corretores de Seguros, ministrado exclusivamente pela Escola Nacional de Seguros, ou no Exame Para Habilitação de Corretores de Seguros.
 
Estão nos últimos dias as inscrições para o Curso de Capitalização, primeiro dos três que compõem a formação de Corretores de Seguros. Os outros dois são Vida e Previdência, e Demais Ramos.
 
Com oferta em 24 localidades de todas as regiões do País, o curso é composto por módulo único com seis disciplinas presenciais: Teoria Geral do Seguro, Matemática Financeira, Ética Concorrencial, Capitalização, Direito do Seguro e Organização Profissional.
 
Os pré-requisitos são maioridade e ensino médio completo. Investimento e início das aulas variam de acordo com a localidade.
 
Os interessados devem se inscrever no endereço sercorretor.com.br, onde mais informações estão disponíveis.

Outras Notícias